Compartilhe nas redes sociais

Plataforma Digital do Projeto Chove-Chuva é lançada em Sorriso; iniciativa conta com apoio do CAT

A ferramenta permitirá às instituições, associações comunitárias e aos cidadãos em geral, o acesso prático aos dados sobre a evolução das condições no seu território.

 

O Projeto Chove-Chuva foi lançado no município de Sorriso no dia 08/04, no auditório da CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, com a participação de representantes de instituições parceiras do projeto, técnicos, estudantes, pesquisadores e a comunidade em geral.

Na oportunidade foi apresentada ao público a plataforma digital do projeto, uma ferramenta que já está disponível fornecer indicadores simples e de modo atualizado, com base em dados de satélites, sobre a evolução das variáveis climáticas e as dinâmicas de uso do solo, considerando as áreas florestais, as áreas agrícolas, assim como os recursos hídricos, a fim de sensibilizar os cidadãos e as associações comunitárias de Mato Grosso a respeito das mudanças ambientais.

Também serão coletados dados fornecidos pelos usuários sobre a localização de práticas de manejo sustentáveis como integração lavoura-pecuária-floresta ou reflorestamento.

 

 

O pesquisador e colaborador do CNRS – Centro Nacional de Pesquisa Científica da França, Damien Arvor explicou sobre o funcionamento da plataforma.

 

 

O projeto Chove-Chuva faz parte das ações do Observatório Espacial do Clima, uma iniciativa francesa para aprimorar o estudo das mudanças climáticas, promovido pelo Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES) e o Centro Nacional de Pesquisa Cientifica da França (CNRS) apresenta o Projeto Chove-Chuva, que tem o objetivo de desenvolver uma ferramenta online de monitoramento das dinâmicas territoriais no estado de Mato Grosso.

O que é o Projeto Chove-Chuva

O Projeto Chove-Chuva é realizado em parceria com inúmeras instituições de pesquisa, ONGS e órgãos públicos de meio ambiente, que envolve parceiros franceses e brasileiros, como o CAT Sorriso, o CIRAD, a Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), ALKANTE, Instituto Centro Vida (ICV),  Fundação Ecológica Cristalino, Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), GEODEV, Centre National de La Recherche Scientifique (CNRS), entre outros parceiros. E é financiado pelo Centro Nacional de Estudos Espaciais – CNES da França.

Por meio da coleta e cruzamento de dados, propõe-se mobilizar informações que permitam produzir um panorama da situação territorial de uma área predefinida pelo utilizador, a partir de indicadores sintéticos em quatro grandes temas: Clima, Florestas, Água e Agricultura.

O pesquisador e colaborador do CNRS – Centro Nacional de Pesquisa Científica da França, Damien Arvor comentou sobre o lançamento da plataforma, ressaltando a importância da população tomar conhecimento dessa ferramenta de fácil acesso para a população em geral. “Pra nós é muito importante divulgar essas informações sobre os resultados das pesquisas para o maior numero de pessoas. É uma plataforma digital interativa que permite também aos usuários informar dados espaciais  sobre vários temas como reflorestamento, práticas agrícolas sustentáveis que estão sendo desenvolvidas aqui, especialmente em Mato Grosso, que é um estado extenso, com muitas dinâmicas socioambientais importantes e são muito difíceis de monitorar pelo tamanho do estado. Então é interessante poder compartilhar todos esses dados em uma só plataforma”.

Ele frisou que a plataforma que tem foco em dados de satélites, já entrou em funcionamento e as pessoas já podem acessar, mas ainda passará por algumas adaptações para melhorias. “Sim, já está acessível, tem umas melhorias que temos que fazer, é um trabalho em longo prazo, mas essa primeira versão já pode ser utilizada”.

 

Importância para comunidade acadêmica

 

 

Comunidade acadêmica da UNEMAT e do IFMT estiveram presentes no lançamento.

 

 

O professor Everton Almeida, do IFMT de Sorriso comentou sobre a importância para consultas por parte da comunidade acadêmica sobre diferentes temas como solo, clima, vegetação, biomas, estação chuvosa, médias de precipitação, desmatamentos, queimadas, degradação florestal, reservatórios, nascentes, rios, entre outros indicadores.  “É uma plataforma muito interessante, que consegue compilar dados de várias fontes que já estão disponíveis, mas que muitas vezes são de difícil acesso ou entendimento. E essa realmente é uma plataforma simples. Ela consegue agregar, juntar e fazer uma integração melhor desses dados dessas diferentes formações, como desmatamento, precipitação, áreas de lavoura, áreas de pastagens. Isso é bastante interessante pra nós que estamos na universidade, que estamos trabalhando nos cursos superiores, é uma fonte de informação importante pra gente, pra instigar os alunos a consultarem para desenvolver projetos de pesquisas, trabalhos de conclusão de curso e para que tenhamos dados mais atuais e mais realistas dos nossos números pra gente tirar a prova real, que é importante para essa área ambiental que é tão criticada e poder mostrar dados mais fidedignos”.

 

UNEMAT também apresentou plataforma semelhante SojaMaps do grupo de pesquisa Geotecnologia Aplicada em Agricultura e Floresta (GAAF).

 

 

Parceria UNEMAT

O professor da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), campus de Sinop, Dr. Carlos Antônio da Silva Junior ressalta a relevância dessa iniciativa. “A plataforma traz luz às informações espaciais que temos em Mato Grosso, que é um estado que tem uma área gigante. Então serve para que a gente conheça muito bem onde estão as demandas, onde estão as florestas, a agricultura, o manejo hídrico, tudo isso de forma espacial sobre tudo que vem acontecendo, assim a gente traz mais confiabilidade aos dados para poder nortear algumas políticas públicas de forma regionalizada, para que a gente produza mais e com mais sustentabilidade”.

Parceria com o CAT Sorriso

 

Parceria do CAT com o projeto já é de longa data.

 

O CAT Sorriso já é um antigo parceiro do projeto e já desenvolveu trabalhos juntamente com o pesquisador Damien Arvor. Para Cristina Delicato, diretora de projetos e eventos do CAT, a plataforma digital do projeto Chove-Chuva pode contribuir com os trabalhos desenvolvidos pelo CAT no Programa Cultivando Vida Sustentável, tanto nos projetos na área ambiental, de recuperação de nascentes, como no projeto de certificação de propriedades.

 “É mais uma ferramenta que está sendo disponibilizadas para o produtor, para os engenheiros agrônomos, técnicos, estudantes e demais pessoas interessadas poderem buscar informações sobre as condições do clima, do solo, número de nascentes nas propriedades, entre outros dados. É um trabalho muito minucioso, detalhado dentro desta parceria que o CAT firmou há anos atrás e agora sendo consolidada”.

 

Sobre o CAT Sorriso

O CAT Sorriso é uma associação sem fins lucrativos que reúne produtores rurais e se esforça pelo desenvolvimento tecnológico em harmonia com o meio ambiente. Com 21 anos de atuação, o Clube Amigos da Terra preza pela transparência de suas ações voltadas à preservação do meio ambiente, reconhecendo e valorizando a família do campo, construindo e consolidando trabalhos com resultados comprovados. O CAT Sorriso conta com o apoio da IDH na realização de seus projetos. Para saber mais, acesse: www.catsorriso.org.br.

Assessoria de Comunicação Cat Sorriso

Tâmara Figueiredo | (66) 99995 – 7316| [email protected]

24/05/2024

CAT lança Selo de Origem de Produtos da Agricultura Familiar com palestra de Xico Graziano

21/05/2024

Escola Aureliano Pereira da Silva desenvolve o Projeto “Pomar de frutíferas em Vasos”

17/05/2024

Workshop apresentará resultados de pesquisas sobre ILP e Plantio Direto na Palha

14/05/2024

Assentamento Jonas Pinheiro recebe Visita Técnica na Unidade Demonstrativa Vila Láctea

27/04/2024

CAT e parceiros realizam visitas técnicas do projeto de Sistemas Agroflorestais

22/04/2024

CAT promove visita técnica e oficina sobre hidroponia para produtores da região

Telefone

(66) 3544-3379

Horário de atendimento

Seg - Sex: 7h às 11h | 13h às 17h

Formulário

Preencha os campos e logo após o recebimento nossa equipe entrará em contato.