MENU

Search
Close this search box.
WhatsApp Image 2024-03-13 at 09.14.48 (2)

Comitê Integrado se reúne para organizar campanha de prevenção e combate a incêndios em Sorriso em 2024

Compartilhe nas redes sociais

Entidades que compõe o Comitê Integrado de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais e Urbanos de Sorriso se reuniram para definir as ações a serem realizadas em 2024

 

Atendendo a uma demanda do CAT Sorriso, diante da aproximação do período de seca em Mato Grosso, com a preocupação de adiantar as reuniões para definir as ações de prevenção e combate, visando reduzir os índices de incêndios e queimadas no município de Sorriso, foi realizada na Prefeitura de Sorriso uma reunião com diversas entidades que fazem parte do Comitê Integrado de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais e Urbanos de Sorriso.

 

Cada entidade que compõe o comitê apontou ações que devem ser desenvolvidas em 2024.

 

A reunião teve como objetivo discutir e apresentar sugestões sobre as ações de combate e prevenção de queimadas neste ano. Estiveram presentes na reunião, o secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia (SEMATEC), Adriano Denardi; secretário da de Agricultura Familiar e Segurança Alimentar (SEMASA), Marlon Zanella; coordenador da Defesa Civil, Alberto dos Sant; coordenador do NIF – Núcleo de Fiscalização Integrada, Reinaldo Nunes; representante da  Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (SEMOSP), Adelso Aguiar; representante do CAT, Luciana Pereira, representante do Corpo de Bombeiro, Magalhães e representante do Sindicato Rural, Farid Tenório.

No ano passado foi realizada uma campanha de combate a queimadas e incêndios florestais e neste ano a pretensão é adiantar as ações que fazem parte do plano de ações do Comitê Integrado de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais e Urbanos.

Focos de Incêndios

De acordo com a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, em 2023 foram registrados 120 focos de incêndios em Sorriso, sendo 40 de porte médio ou grande e 80 focos de fogo doméstico (quando moradores ateiam fogo em folhas ou lixos). Segundo o coordenador da Defesa Civil, sargento da reserva Alberto Santos, “Nos casos de incêndios domésticos, o próprio incendiário foi obrigado a apagar o fogo, sob o risco de multa, quando chegávamos ao local, o morador já apagava. Nos casos de focos de calor de médio e grande porte, foi necessário utilização de caminhões-pipa, caminhões do corpo de Bombeiros, porém os incêndios de grandes proporções diminuíram em relação a 2022, quando foram registrados 95 incêndios, porém todos de média e grande proporção. Nós verificamos o que cada instituição ficou incumbida a fazer. Nesta primeira reunião demos o start e na próxima já deveremos colocar o plano em ação”.

 

Números de registros de incêndios em Sorriso, de acordo com dados da Defesa Civil.

 

Segundo o secretário Denardi, foi uma reunião muito produtiva, onde cada um se comprometeu a levantar o que deu certo e o que deu errado para que o comitê possa avançar e melhorar as ações de prevenção e combate a incêndios no município.  “Esta reunião teve como objetivo buscar planejar uma ação conjunta para a prevenção e controle de queimadas, envolvendo várias instituições e a sensibilização de toda comunidade para que haja uma conscientização para que não aconteçam as queimadas. Traçamos algumas estratégias de combate, com o mapeamento dos pontos de abastecimento de água, mapeamento das áreas de maior risco, monitoramento nas áreas rurais e assentamentos, importância da limpeza da faixa de domínio de rodovias (com orientação da PRF e Rota do Oeste), cuidado na época da colheita do milho por parte dos fazendeiros (com orientação do Sindicato Rural), a limpeza das áreas de mata e de áreas periféricas da cidade”.

Segundo o secretário Marlon Zanella esta foi a primeira reunião de muitas que devem acontecer neste ano. “A exemplo do ano passado, já começamos as tratativas, pois o período de seca se aproxima, então é preciso um planejamento para evitar as queimadas. Definimos uma série de ações a serem desenvolvidas para evitar as queimadas como promover a conscientização de pessoas, limpar lugares que podem causar incêndios. Estamos planejando, cada um na sua responsabilidade, por exemplo, nós da Semasa temos um compromisso com o Assentamento Jonas Pinheiro (Poranga), que em anos anteriores queimou inteiro e no ano passado já reduziram os focos. Já sabemos que a prevenção dá bons resultados, e este ano de forma mais antecipada, com certeza teremos melhores resultados”.

Representando o CAT sorriso, a engenheira agrônoma Luciana Pereira “A preocupação do CAT, diante dos altos índices de incêndios, que temos todos os anos no município, é antecipar as ações como forma de prevenção, no intuito de proteger a nossa fauna, flora, as propriedades rurais, bem como as comunidades rurais e urbanas e assim garantirmos a sustentabilidade na nossa região. Por isso, nós do CAT pensamos em antecipar a campanha do fogo, adiantando as reuniões para a elaboração das ações de combate às queimadas. Para as próximas reuniões, a partir de abril, outras entidades como a PRF e a Rota do Oeste também deverão ser convocadas”.

 

 

Também ficou definido a entrega de um panfleto informativo para alertar a população sobre os perigos das queimadas, além de levar informações por meio dos veículos de comunicação. O CAT Sorriso publicou em 2021, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e o Corpo de Bombeiros, a cartilha Amigos da Terra Contra o Fogo, para distribuição nas escolas.

Sobre o CAT Sorriso

As atividades do CAT são desenvolvidas através do Projeto Cultivando Vida Sustentável, desenvolvido em parceria com a Cargill e a Idh. As ações ajudam a cumprir metas previstas no Pacto PCI – Produzir, Conservar e Incluir – um acordo multiatores em torno de uma visão voltada ao desenvolvimento sustentável do território. O objetivo do projeto é alavancar a produção de soja sustentável, promover a restauração de áreas degradadas e oferecer assistência técnica para agricultores familiares na região de Sorriso, em Mato Grosso.

O CAT Sorriso é uma associação sem fins lucrativos que reúne produtores rurais e se esforça pelo desenvolvimento tecnológico em harmonia com o meio ambiente. Com 21 anos de atuação, o Clube Amigos da Terra preza pela transparência de suas ações voltadas à preservação do meio ambiente, reconhecendo e valorizando a família do campo, construindo e consolidando trabalhos com resultados comprovados. O CAT Sorriso conta com o apoio da Cargill e da Idh na realização de seus projetos. Para saber mais, acesse: www.catsorriso.org.br.

Assessoria de Comunicação Cat Sorriso

Tâmara Figueiredo (66)999957316| [email protected]