MENU

Search
Close this search box.
field este

Sorriso receberá representantes de outras regiões do Brasil e da Holanda na Field Trip 2024

Compartilhe nas redes sociais

Field Trip 2024 deverá reunir representantes da Holanda e de outras regiões do Brasil para conhecer sobre a produção sustentável em Sorriso. 

 

Será realizada no município de Sorriso, nos dias 03 e 04 de abril, a FIELD TRIP 2024, promovida pela Associação Clube Amigos da Terra – CAT Sorriso, por meio do Projeto Cultivando Vida Sustentável, desenvolvido em parceria com a Idh.

Durante a programação, os visitantes poderão obter mais informações sobre a produção agrícola no município de Sorriso, sobre o projeto de certificação RTRS e sobre os projetos desenvolvidos pelo CAT, como “O Agro na Escola”, “Gente Que Produz e Preserva”, “Águas do Lira” e “Cultivando Vida Sustentável”.

A FIELD TRIP 2024 contará com a presença de três representantes da Idh Brasil e três visitantes da Holanda. Durante o roteiro, eles terão a oportunidade de conhecer mais de perto o estado de Mato Grosso, considerado maior produtor de soja, milho, algodão, gado de corte e girassol do Brasil, onde são encontrados três biomas: Cerrado, Amazônia e Pantanal.

E conhecer também o município de Sorriso, conhecido como a Capital Nacional do Agronegócio. Com apenas 38 anos de emancipação, localizado em um ponto estratégico, no entroncamento da BR 163, com a MT 242, o município é uma referência na produção de grãos no Brasil e é considerado o maior produtor de soja do mundo.

O município é também um dos maiores produtores de peixe do Brasil, além de possuir potencial muito grande para o avanço da agroindústria, incentivando a bovinocultura, suinocultura, avicultura, ovinocultura, entre outras atividades.

Os participantes da FIELD TRIP 2024 poderão trocar ideias com os produtores parceiros e conhecer as propriedades certificadas de vários tamanhos, tanto da agricultura em larga escala, que produzem soja, milho e outras culturas, quanto da agricultura familiar, receber informações sobre a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta e verificar que é possível produzir e ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente.

 

Imagem da Field Trip realizada em 2020, em Sorriso.

 

 

Roteiro da Field Trip

O roteiro prevê visitas a três fazendas certificadas em diferentes estágios, onde em uma delas será apresentada uma Unidade Demonstrativa de Restauro, para que possam conhecer um pouco sobre as fazendas produtoras de soja e milho da região que fazem parte do projeto de certificação.

Para que os participantes conheçam um pouco da Agricultura Familiar da região, será feita a visita ao sítio Vila Láctea, da produtora Rita Hachiya, que produz queijos a partir do leite de vacas Jersey.

A propriedade é certificada como livre de tuberculose, além disso, possui o registro S.I.M. (Serviço de Inspeção Municipal), SUSAF (Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária) e o Selo Arte que autoriza a produtora comercializar o queijo “Poranga” em todo território nacional. Atualmente, ela é a única produtora de Mato Grosso a ter o Selo Arte, do Ministério da Agricultura, que possibilita o comércio nacional de produtos alimentícios elaborados de forma artesanal.

SOBRE A RTRS

A Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS) é uma iniciativa internacional pioneira formada pelos principais representantes da cadeia de valor da soja, como produtores, indústria, comércio, finanças e a sociedade civil. Os atores dessas diferentes áreas se reúnem em torno de um objetivo comum, garantindo o diálogo e a tomada de decisão por consenso. A missão da entidade é promover o uso e o crescimento da produção sustentável de soja e, por meio do Padrão RTRS de Produção Responsável da Soja, aplicável mundialmente, garantir uma produção ambientalmente correta, socialmente adequada e economicamente viável. É hoje o sistema mais confiável e avançado do mercado de soja brasileiro para alcançar a sustentabilidade. Atualmente a RTRS conta com mais de 180 membros dos países do mundo inteiro.

 

Field Trip 2020 contou com participantes de 11 países.

Certificação

Os participantes da FIELD TRIP 2024 poderão testemunhar os impactos positivos da certificação RTRS, que promovem integração em toda cadeia de suprimentos da soja e da agricultura familiar.

A certificação garante benefícios administrativos, econômicos, sociais e ambientais aos produtores e os municípios, como por exemplo, melhoria dos indicadores de gestão; aumento da eficiência da operação; redução de acidentes de trabalho; melhoria das relações com os empregados e com a comunidade; oportunidade de acesso a mercados internacionais e a programas de financiamento; manutenção da biodiversidade; melhoria da qualidade do solo e da água; redução da poluição e menor produção de resíduos, além da redução do impacto sobre o meio ambiente.

Para a engenheira agrônoma do CAT, Júlia Ferreira, que é gerente do Grupo de Certificação RTRS, a realização da Field Trip é de suma importância. “Por meio das visitas de pessoas de outras regiões do Brasil e de outros países também, nós do CAT Sorriso conseguimos mostrar o nosso trabalho sobre o projeto de certificação RTRS e firmar novas parcerias para futuras vendas de créditos. Para nós do CAT é muito gratificante estar recebendo essas pessoas e mostrar o nosso trabalho, como é a realidade dos produtores no nosso município e como eles produzem de forma sustentável. Neste ano de 2024 criamos um roteiro de Field Trip onde estaremos recebendo várias visitas para poder mostrar o resultado do nosso trabalho junto às fazendas certificadas ou em processo de certificação”.

Já o gerente de Implementação de Políticas Públicas da Idh, Alex Schmidt, afirmou que a Field Trip é importante para que as pessoas lá fora possam compreender melhor a nossa realidade. “Nós da Idh estamos trazendo três pessoas da Holanda, que trabalham com markets para conhecerem um pouco da realidade no chão (plantio) e também a parte de comercialização da soja. A ideia é que, com essa visita, elas tenham uma melhor compreensão da nossa realidade, e como essa agenda se relaciona com a abordagem territorial (ex: PCI – Pacto Produzir, Conservar e Incluir), apoiando para uma melhor conexão com mercados, principalmente no bioma Cerrado”.

Sobre a IDH

A Idh é uma organização global que atua para transformar os mercados. A Idh coloca as pessoas, o planeta e o progresso no centro do comércio, mobilizando o poder dos mercados para gerar empregos, rendas e um meio ambiente melhor com equidade de gênero para todos. Para atingir esse objetivo, reúne pessoas nas corporações, no setor financeiro global e nos governos com influência sobre as sobre as cadeias globais de valor para cocriar e coinvestir.

Com sede na Holanda, a Idh tem cerca de 380 funcionários em todo o mundo, operando em 20 países e 12 commodities e regiões de fornecimento, com mais de 1.000 parceiros públicos e privados. Em 13 anos de atuação, Idh gerou mais de 390 milhões de euros em investimentos do setor privado e apoio a novos modelos de negócios impactantes.

O trabalho da Idh é possível graças ao financiamento e à confiança de vários doadores públicos e privados, entre os quais os governos da Holanda e da Suíça e fundações privadas

Para obter mais informações, visite os sites www.idhsustainabletrade.com e www.idhlatam.com ou siga @IDHTrade no Twitter e LinkedIn.

Sobre o CAT Sorriso

O CAT Sorriso é uma associação sem fins lucrativos que reúne produtores rurais e se esforça pelo desenvolvimento tecnológico em harmonia com o meio ambiente. Com 21 anos de atuação, o Clube Amigos da Terra preza pela transparência de suas ações voltadas à preservação do meio ambiente, reconhecendo e valorizando a família do campo, construindo e consolidando trabalhos com resultados comprovados. O CAT Sorriso conta com o apoio da IDH na realização de seus projetos. Para saber mais, acesse: www.catsorriso.org.br.

Assessoria de Comunicação Cat Sorriso

Tâmara Figueiredo | (66) 99995 – 7316| [email protected]