MENU

Search
Close this search box.
FOTOS ANTIGAS E RECORTES JORNAL CAT (14)

CAT Sorriso comemora 21 anos de atuação em Sorriso. Saiba como essa história começou

Compartilhe nas redes sociais

CAT Sorriso, há 21 anos em defesa do meio ambiente e valorizando as famílias do campo.

 

Com o lema “Gerar riquezas, preservando a vida”, o CAT Sorriso – Associação Clube Amigos da Terra está comemorando em julho de 2023, Bodas de Zircão. São 21 anos de atuação no município de Sorriso e muitos são os motivos para se comemorar, pois ao longo desse tempo, muitos projetos, ações e eventos foram e continuam sendo desenvolvidos.

O CAT é uma associação sem fins político-partidários, religiosos ou lucrativos, que reúne produtores rurais e defende o desenvolvimento agrícola e tecnológico, em harmonia com o meio ambiente, incentivando práticas sustentáveis e redução dos impactos ambientais. Nesses 21 anos de atuação, o CAT sempre prezou pela transparência em suas ações, voltadas à preservação ambiental, com inclusão social, valorizando as famílias do campo e da cidade, desenvolvendo projetos e consolidando trabalhos que trazem resultados comprovados.

 

Como tudo começou

A história do CAT Sorriso começou oficialmente no dia 09 de julho de 2002, quando foi constituído o estatuto social e eleita a primeira diretoria da entidade, com a finalidade de promover entre os associados, inicialmente, a troca de experiências e informações, treinamentos e aprimoramentos técnicos sobre o Sistema de Plantio Direto e outras técnicas destinadas à conservação do solo em suas propriedades. Também estava entre as finalidades do CAT desenvolver e executar projetos de conscientização sobre a preservação, defesa e conservação dos recursos naturais como um todo, especialmente o solo, a água e a biodiversidade, bem como a promoção do desenvolvimento sustentável. Em 2004 a entidade foi declarada de Utilidade Pública

Várias personalidades fizeram e fazem parte do CAT, seja na diretoria, nas prestações de serviço ou no trabalho voluntário. Fazem parte do CAT não só agricultores, mas também pequenos produtores da Agricultura Familiar, engenheiros, técnicos agrícolas, biólogos, professores e membros da Sociedade Civil em Geral, todos com um só objetivo trabalhar por uma agricultura sustentável, ou seja, que produza alimentos e ao mesmo tempo, promova a preservação ambiental e a inclusão social, em prol de um meio ambiente melhor.

      
 

 

Constituição do CAT Sorriso

A Ata Nº 001/2002 da Constituição do CAT e formação da Comissão Provisória foi assinada nas dependências da UFMT, pelo presidente: o produtor rural Darcy Getúlio Ferrarin; vice-presidente: produtor rural, José Amadeu Ascoli; diretor administrativo: presidente do Sindicato Rural, Milton Luiz Lenz; diretor financeiro: produtor rural, Argino Bedin; diretor técnico: engenheiro agrônomo, Farid Tenório Santos; e diretor de Marketing: presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, José Carlos Suzin. Também se fizeram presentes: produtor rural Idécio Ângelo Locatelli; produtor rural, Fiorindo Paulo Martelli; produtor rural, José Augusto Áscoli; produtor rural, Albenone do Carmo e Silva, representante da Câmara Municipal, Rudolfo Wick; representando a Empaer, Renaldo Loffi e representante da Secretaria de Agricultura, Lenira Arsego.

 

Co-fundador do CAT

Darcy Getúlio Ferrarin, durante entrega da premiação do concurso de desenho do Projeto O Agro na Escola.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma dessas personalidades é o produtor rural Darcy Getúlio Ferrarin, que está entre os fundadores do CAT e ajudou a construir essa história. Ele já foi presidente por duas vezes da entidade, e relembra com saudosismo e orgulho de alguns fatos e como foram as primeiras discussões para a criação do CAT: “Tudo começou ainda lá no Sul, com uma entidade que tinha os mesmos objetivos do CAT, era o chamado “Clube da Minhoca”. Aqui em Sorriso, no final de um evento, nos reunimos eu, o Farid, o Alfeo Augusto Trecenti e eu falei desse trabalho lá do Sul, que também tinha esse objetivo que era de implantar o Sistema de Plantio Direto. Notamos que tínhamos que fazer alguma coisa. Aqui era uma região de transição da pecuária para o plantio de grãos. E para evitar o empobrecimento do solo, erosões e outros problemas provocados pelo plantio convencional, com a aragem e gradeamento, que podem provocar um processo de erosão e desertificação do solo. Nós precisávamos conscientizar os produtores sobre os benefícios do plantio feito direto na palhada, que permite a infiltração da água, mantendo a umidade e os nutrientes e melhorando a qualidade do solo. Com esse objetivo juntamos um grupo de produtores e outras pessoas interessadas na produção com sustentabilidade e assim criamos o CAT. Hoje o município de Sorriso planta cerca de 95% no sistema de Plantio Direto, com cobertura de solo e Integração Lavoura Pecuária”.

Muitas pessoas abraçaram a causa

Outra pessoa importante para o CAT é o engenheiro agrônomo, Farid Tenório Santos, representando a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, quando da época da assinatura da ata de criação do CAT Sorriso. Farid relembrou como foram as tratativas para a criação da associação. “Nós buscamos primeiramente a realização de um encontro nacional que trouxesse para o produtor informações sobre medidas, orientações sobre conservação e preservação do solo. Fui representar Sorriso em Uberlândia, com a proposta de realizar um encontro técnico nacional que trouxesse essas informações sobre o uso da tecnologia do plantio direto no cerrado ou plantio direto na palha. Ficou determinada a realização desse encontro nacional em Sorriso no ano de 2003. O município não poderia realizar, mas incentivar outras entidades ligadas ao produtor para realizar este evento. Nós conhecemos outras iniciativas em outros lugares do País, que eram os CATs que já existiam em outras cidades, com o objetivo de reunir produtores para que os produtores pudessem entre si, reunir, conversar sobre o que estava dando certo ou errado, o que precisava melhorar, fomentar a pesquisa sobre tecnologias, como forma de aglutinar e fomentar tecnologias de sustentabilidade e que desse continuidade para as gerações seguintes continuar produzindo no campo. O CAT surgiu desta forma. O senhor Darcy Ferrarin entendeu a necessidade de implantarmos e abraçou desde o início e ajudou imensamente para que o CAT se tornasse realidade em nosso município”.

Como forma de prestar uma homenagem a todos que contribuíram e contribuem com as ações e projetos do CAT, Darcy Ferrarin aproveitou para prestar um agradecimento: “Quero aproveitar esta oportunidade, para cumprimentar e agradecer todos que já passaram pelas diretorias do CAT nesses 21 anos. Não tenho nem palavras para agradecer toda comunidade agrícola que abraça esta causa, todos os voluntários, técnicos, professores, Secretaria de Agricultura, Secretaria de Educação, as empresas que sempre apoiaram o CAT, bem como toda a Imprensa e todos que amam o meio ambiente”.

Darcy Ferrarin também deixou um conselho aos produtores que ainda não são certificados sobre a importância da certificação das fazendas: “Independente de fiscalização, nós temos a obrigação e responsabilidade de cuidar da propriedade e preservar o meio ambiente para nossas futuras gerações. Mas a certificação insere a propriedade dentro da Legislação Ambiental Nacional, atendendo os padrões de exigências das Lei Nacionais. A partir do momento que o produtor quiser certificar sua propriedade, que ele procure o CAT, que o CAT vai passar todas as informações necessárias, inclusive dar apoio e assistência técnica para que a partir dessa certificação o produtor possa estar tranquilo de estar enquadrado na Legislação Ambiental e ainda ter um retorno com a comercialização dos créditos”.

 

 

 

Sobre o CAT Sorriso

O CAT Sorriso é uma associação sem fins lucrativos que reúne produtores rurais e se esforça pelo desenvolvimento tecnológico em harmonia com o meio ambiente. Com 21 anos de atuação, o Clube Amigos da Terra preza pela transparência de suas ações voltadas à preservação do meio ambiente, reconhecendo e valorizando a família do campo, construindo e consolidando trabalhos com resultados comprovados. O CAT Sorriso conta com o apoio da Idh na realização dos seus projetos. Para saber mais, acesse: www.catsorriso.org.br.

Assessoria de Comunicação Cat Sorriso

Tâmara Figueiredo | (66) 99995 – 7316| [email protected]