MENU

Search
Close this search box.
WhatsApp Image 2024-02-19 at 15.59.16

CAT Sorriso apoia Dia de Campo da Piscicultura no Assentamento Jonas Pinheiro

Compartilhe nas redes sociais

Evento é realizado pela SEMASA com apoio do CAT e contará com palestras sobre manejo correto, nutrição e sanidade animal

O Dia de Campo da Piscicultura da Agricultura Familiar será realizado na próxima quarta-feira, dia 28/02 no Assentamento Jonas Pinheiro. O evento é uma promoção da SEMASA – Secretaria Municipal de Agricultura Familiar e Segurança Alimentar, e conta com o apoio da Cresol, da RB Aquacultura e da Associação Clube Amigos da Terra – CAT Sorriso, por meio do Projeto Cultivando Vida Sustentável, que é desenvolvido em parceria com a Idh e a Cargill.

 

Faça sua inscrição pelo Link:https://forms.gle/87xtGJn5ihQoQ1Ni6

 

 

Objetivo do evento

A coordenadora do Programa Mais Peixe de Incentivo à Piscicultura da Prefeitura de Sorriso, a zootecnista Martinha Leal fala que o objetivo do evento é reunir produtores, estudantes, pesquisadores e palestrantes para levar conhecimento e promover a troca de informações. “Queremos que a piscicultura seja mais difundida dentro da nossa cidade e que os gargalos diminuam para que a gente possa produzir mais peixes, de maneira sustentável, independente do nível de produção, seja em pequena ou grande escala. Por isso, convidamos as pessoas relacionadas ao meio, ou que tenham interesse em começar na atividade, para participar e ajudar a expandir conhecimento sobre esse setor”.

Lembrando que alguns produtores não tem foco na comercialização, e sim na produção voltada para a alimentação própria, e o convite também é estendido a esse público: “É importante que eles também compareçam, mesmo que produzam somente para seu consumo, para que possam conhecer mais sobre o peixe e fazer o manejo correto para evitar mortalidade ou doenças”.

         

 

Martinha Leal também está entre os palestrantes e vai apresentar um relato de caso de sucesso sobre o Primeiro Ciclo de Produção da Estância São Pedro, propriedade que sediará o evento, destacando todo o ciclo de produção, desde os alevinos, até a fase de terminação. A propriedade conta com uma produção de cerca de sete toneladas de peixe. E logo após o evento, os peixes serão comercializados. Martinha conta que acompanhou a produção desde o início. “Eu acompanhei todo o processo, fazendo o controle de análise de água, medindo o PH da água, ajustando a quantidade de amônia, que são fatores que influenciam na saúde e crescimento dos peixes, acompanhava manejo nutricional, fazia a biometria, pra saber como o peixe estava se desenvolvendo, dosava a quantidade de ração que deveria ser fornecida,  de acordo com o peso dos animais. Enfim acompanhamos todo o ciclo desses animais”.

Segundo ela, também será destacado sobre um grande gargalo, “o período de inverno, quando é preciso tomar mais cuidado, principalmente com a questão de oxigênio e doenças que surgem durante esse período critico para a piscicultura e sobre a importância do manejo adequado para evitar perdas de peixes e obter lucro, com o peixe crescendo no tempo e tamanho certo e com qualidade, sem risco para a segurança alimentar”.

Rogério Barreto, zootecnista e diretor da RB Aquacultura, de Sinop, vai abordar sobre a “Importância Nutricional na Piscicultura”. A palestra será voltada a alimentação dos peixes e Rogério destaca a “Importância de se usar uma ração de qualidade, pois as rações não são todas iguais, vai falar sobre os aspectos que devem ser observados na ração, modo e a quantidade de ração que deve ser fornecida aos animais. Pois a gente sabe que a ração representa 90% dos custos de produção para o piscicultor, é onde o produtor deve mexer para obter mais lucro na atividade”.

 

   

André Santos, gerente de produção do frigorífico Porto Nogueira vai abordar sobre “Manejo Pré-abate: garantindo qualidade e segurança alimentar”: “O manejo adequado na piscicultura familiar”, segundo ele: “O manejo correto é fundamental por várias razões, entre elas, o aumento da eficiência na produção, para garantir um ambiente saudável e otimizar os recursos disponíveis. Também ajuda a manter a saúde dos peixes, por meio do monitoramento e controle de fatores como a qualidade da água, alimentação e condições sanitárias contribui para a saúde dos peixes, prevenindo doenças e aumentando a produtividade. Contribui para a sustentabilidade ambiental, já que as práticas de manejo adequado ajudam a minimizar impactos ambientais, assegurando que a atividade seja realizada de maneira sustentável e respeitando os ecossistemas locais. Além disso, influencia na qualidade dos peixes produzidos, o que é crucial para a aceitação no mercado e para a segurança alimentar das comunidades locais”.

 

       

       

 

Parceria do CAT Sorriso

Andreia Sousa, zootecnista do CAT Sorriso salientou sobre a importância da parceria com a Secretaria de Agricultura Familiar “A equipe do CAT Sorriso apoia o fortalecimento da capacidade técnica, acesso a recursos e tecnologias, promoção da sustentabilidade e fortalecimento da atividade entre os agricultores familiares em nossa região. Logo, o Dia de Campo de Piscicultura é um evento que vem para enriquecer  a comunidade com conhecimentos em nutrição, acompanhamento de produção e manejo pré-abate na piscicultura, temas importantes para aumentar produtividade e assegurar a segurança alimentar na comercialização do peixe”.

O Secretário Municipal de Agricultura Familiar e Segurança Alimentar, Marlon Zanella faz o convite a todos os produtores e demais interessados para participarem do evento: “Então teremos no dia 28 de fevereiro, esse Dia de Campo, com organização da SAMASA, por meio do programa Mais Peixe estaremos tratando de assuntos ligados à produção de peixes, com temas como alimentação, dos peixes, pré-manejo antes do abate dos peixes e um caso de sucesso do ciclo de produção de peixes em uma pequena propriedade. O nosso objetivo é trazer mais conhecimento a todos os interessados nessa área e fica o nosso convite em nome da Prefeitura de Sorriso para este importante evento da piscicultura”.

 

O que: Dia de Campo da Piscicultura

Data: 28/02/2024 (quarta-feira)

Local: Lote 208 – Estância São Pedro

Assentamento Jonas Pinheiro

Horário: 7h30 às 12

7h30 – Credenciamento

8h00 – Solenidade de abertura

Cronograma:

Palestra 1 – Importância Nutricional na Piscicultura

Rogério Barreto – zootecnista e diretor da RB Aquacultura, de Sinop

Palestra 2 – “Manejo Pré-abate: garantindo qualidade e segurança alimentar”:

André Santos, gerente de produção do frigorífico Porto Nogueira

Palestra 3 – Relato de Caso: 1º Ciclo de Produção da Estância São Pedro – proprietária Viviane Almeida (zootecnista Martinha Leal – Coordenadora do Programa Mais Peixe – SEMASA)

Acesse o link com o formulário de inscrição: https://forms.gle/87xtGJn5ihQoQ1Ni6 .

 

 

Sobre o CAT Sorriso

As atividades do CAT são desenvolvidas através do Projeto Cultivando Vida Sustentável, desenvolvido em parceria com a Cargill e a Idh. As ações ajudam a cumprir metas previstas no Pacto PCI – Produzir, Conservar e Incluir – um acordo multiatores em torno de uma visão voltada ao desenvolvimento sustentável do território. O objetivo do projeto é alavancar a produção de soja sustentável, promover a restauração de áreas degradadas e oferecer assistência técnica para agricultores familiares na região de Sorriso, em Mato Grosso.

O CAT Sorriso é uma associação sem fins lucrativos que reúne produtores rurais e se esforça pelo desenvolvimento tecnológico em harmonia com o meio ambiente. Com 21 anos de atuação, o Clube Amigos da Terra preza pela transparência de suas ações voltadas à preservação do meio ambiente, reconhecendo e valorizando a família do campo, construindo e consolidando trabalhos com resultados comprovados. O CAT Sorriso conta com o apoio da Cargill e da Idh na realização de seus projetos. Para saber mais, acesse: www.catsorriso.org.br.

Assessoria de Comunicação Cat Sorriso
Tâmara Figueiredo | (66) 99995 – 7316| [email protected]