Compartilhe nas redes sociais

CAT realiza mapeamento digital de propriedades apícolas para fortalecer cadeia produtiva

Para criar uma rede de apicultores e, assim, fomentar as boas práticas no campo e aumentar e fortalecer as cadeias produtivas, o Projeto Cultivando Vida Sustentável, desenvolvido pela Associação Clube Amigos da Terra CAT – Sorriso, em parceria com o IDH e a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, realizará um mapeamento digital das propriedades cadastradas nos Programas Municipais, entre elas as dos apicultores do VitaMel+.

O trabalho que já está sendo desenvolvido com visitas às propriedades proporcionará um diagnóstico de cada produtor. “Estamos fazendo esse mapeamento para conhecermos a realidade e desafios dos produtores. Por meio dele, estamos identificando o tamanho das propriedades e o potencial de produção para que assim, possamos oferecer informação, técnicas e prestar assessoria juntamente com a Prefeitura”, explica a assistente social do Projeto Cultivando Vida Sustentável do CAT Sorriso, Leane Rodrigues.

 

Assistente social do CAT Sorriso atua no mapeamento juntamente com parceiros

De acordo com o representante do programa municipal, Niki Nelson, o mapeamento da cadeia produtiva do mel possibilitará o acesso a dados que permitirão o planejamento e a execução de estratégias de cultivo e manejo das colônias de abelhas. “O CAT é nosso parceiro e nos forneceu o registro de agricultores do município. Assim, nós conseguiremos, por exemplo, saber o tamanho das áreas de reserva e a capacidade que cada área suporta de caixas colmeias”.

A presidente do CAT Sorriso, Dudy Paiva, comenta que nos próximos dias os apicultores terão acesso à homeopatia, claro, os que optarem por aplicar a técnica. “Os apicultores receberão capacitações para a técnica que busca produzir de forma sustentável e economicamente eficiente. São conhecimentos sobre a ciência homeopática -, como surgiu, como pode e deve ser utilizada, permitindo a produção limpa, minimizando os riscos à saúde das abelhas, do agricultor e sua família, e também beneficiando quem consome o mel”, ressalta.

Entre as vantagens da rastreabilidade e o georreferenciamento dos apiários estão ampliação de negócios, por meio da produção mapeada, padronização do manejo do mel e derivados, aumento da produção e controle de prejuízos.

 

Ação visa aumentar e fortalecer a cadeia produtiva do mel em Sorriso

Hoje 46 produtores estão cadastrados no programa Vitamel, desenvolvido pelo CAT e a Prefeitura, que além do apoio técnico, também disponibiliza as caixas colmeias para os interessados. O programa conta com apoio do Corpo de Bombeiros que atua diretamente na captura e remoção de colmeias da área urbana.

O projeto vem contribuindo para a mudança de padrões e sedimentação da cultura da sustentabilidade no município e o fortalecimento da agricultura familiar. Em Sorriso, o mel produzido conta com o Selo de Inspeção Municipal (SIM) e com o selo do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (Susaf-MT).

12/06/2024

CAT e parceiros promovem oficinas e visitas técnicas para Agricultura Familiar de Sorriso e região

09/06/2024

IFMT e CAT reativam viveiro de mudas nativas

07/06/2024

Apesar dos benefícios, Sistema do Plantio Direto ainda é pouco utilizado em MT

06/06/2024

Sustentabilidade: venda de créditos certificados traz rentabilidade para produtores rurais

03/06/2024

Palestra apresenta como funcionam os Sistemas Agroflorestais (SAF)

31/05/2024

CAT lança Selo de Origem da Agricultura Familiar e livro didático sobre o Agro e o Desenvolvimento de Mato Grosso

Telefone

(66) 3544-3379

Horário de atendimento

Seg - Sex: 7h às 11h | 13h às 17h

Formulário

Preencha os campos e logo após o recebimento nossa equipe entrará em contato.