fbpx
LAERCIO_DALLA_VECCHIA

O segredo está nas coisas mais simples do manejo, diz campeão do Cesb que colheu 118,82 sacas por hectare

Compartilhe nas redes sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Os grandes campeões de produtividade da safra de soja 2019/2020 foram revelados nesta terça-feira (14/07) no Canal Rural. De acordo com o vencedor nacional, Laércio Dalla Vechia, de Mangueirinha no Paraná, o segredo de uma alta produtividade está nas coisas mais simples do manejo.

“Ano após ano tenho mudado a visão sobre alguns conceitos no campo, no jeito de lidar com a terra, a fim de conseguir sempre um bom resultado. Todos os anos saímos do convencional, nos desafiando diariamente e tudo isso resultou nesse cenário fantástico de produção, e claro, aliado a sustentabilidade”, afirmou o produtor.

O sojicultor colheu 118,82 sacas por hectare, em uma área de sequeiro. Essa produtividade é mais do que o dobro da média nacional estimada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a safra, que ficou em 55,5 sacas por hectare.

“Essa safra foi favorecida também pelo clima, aliado com boas condições físicas e biológicas, que nos proporcionaram uma excelente safra. Não há segredos. O cuidado deve estar na rotação de cultura, no manejo e monitoramento. Precisamos conhecer a realidade do solo em que trabalhamos, precisamos tratar a lavoura como a nossa indústria”, completou o produtor vencedor.

Para o consultor da Phytus Group Ricardo Balardin, são várias as lições deixadas pelos produtores campeões, mas a principal é importância do manejo correto do solo. “Exemplo disso é que os produtores deixam bem claro o quão importante é dar atenção no preparo do solo, de traçar o perfil correto desse solo, na distribuição dos nutrientes no momento de rotação da lavoura”, disse.