fbpx
capa

Colaboradores de fazendas certificadas participam de curso sobre segurança no trabalho

Compartilhe nas redes sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Conscientização e mudança de comportamento”. A frase foi dita pela instrutora Valéria Adelaide dos Santos e resume o objetivo do treinamento: NR 31.8 – Segurança no Trabalho – Aplicação de Agrotóxico. Oferecido pelo Clube Amigos da Terra (CAT Sorriso) em parceria com o Sindicato Rural e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT) o curso reuniu 20 alunos, a maioria funcionários de fazendas de Sorriso-MT e região.

Entre eles estava o Carlos Eduardo Batista. No ramo há cinco anos, ele percebeu durante o curso que não tomava o cuidado que deveria ao aplicar os defensivos. Agora garante que vai voltar ao trabalho com outra mentalidade. “O equipamento é uma ferramenta para nos ajudar e é minha obrigação usar. Sei que ele não faz milagre, mas usando com atenção e cuidado, a chance de contaminação é muito menor”, disse o trabalhador.

Foram três dias de curso praticamente todo com aulas teóricas. Os alunos conheceram as medidas de prevenção de acidentes com agrotóxicos, em conformidade com a norma regulamentadora de segurança e saúde no trabalho na agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e aquicultura. A NR 31.8, proporciona a manutenção da saúde do trabalhador, a preservação do meio ambiente e a produção de alimentos saudáveis.

A parte prática foi simular e demonstrar como colocar e retirar os equipamentos de proteção individual, os EPI’s. a mobilizadora de cursos do Senar em Sorriso, Rosangela Canhete a atualização é fundamental. “A legislação exige que o trabalhador seja capacitado nessa área e desde o ano passado estamos nessa parceria com o CAT”, concluiu.

E o ideal é que a capacitação seja contínua já que as normas estão sempre sendo atualizadas. Os cursos são exigências do processo de Certificação das propriedades que fazem parte do projeto “Gente que Produz e Preserva”.

Apoio:

O projeto “Gente que Produz e Preserva”, do Clube Amigos da Terra, o CAT Sorriso, está sendo desenvolvido em parceria com o WWF Brasil.