fbpx
capaa

Secretário Estadual de Agricultura Familiar conhece plano estratégico do CAT

Compartilhe nas redes sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Uma comitiva da secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários de Mato Grosso esteve em Sorriso ontem (23.11) e conheceu de perto ações desenvolvidas pelo CAT junto aos pequenos produtores.

Na oportunidade foi apresentado ao grupo, liderado pelo secretário, Suelme Evangelista Fernandes, o plano estratégico do CAT para os próximos 4 anos. A diretora de sustentabilidade, Cynthia Moleta Cominesi, mostrou dados da evolução de dois projetos desenvolvidos junto a agricultura familiar desde 2014: O Balde Cheio e o Agroecologia.

No Balde Cheio, 21 famílias estão recebendo assistência técnica. Com isso melhoraram a gestão na propriedade, aumentaram a produção de leite com um numero menor de animais e a consequencia foi a lucratividade.

No projeto de Agroecologia, o foco está sendo a produção de frutas e hortaliças sem uso de agrotóxicos. A meta, além de aumentar o número de famílias participantes é certificar a produção como orgânica.

Depois o grupo visitou o assentamento Jonas Pinheiro e foi recebido pela diretoria da Associação Produtiva Mulheres da Poranga, reativada através do apoio do CAT dentro do Projeto Mulheres do Campo. O secretário visitou três propriedades e chamou a atenção das associadas para que criem um plano de gestão. “O pequeno produtor precisa entender que ele é uma “empresa” e sendo assim precisa de planejamento e organização para se tornar lucrativas”, afirmou o secretário.

Suelme Evangelista Fernandes, elogiou o trabalho do CAT mas lamentou que sejam poucos os investimentos do poder público na agricultura familiar. “É triste ver que Sorriso, o maior produtor de soja do mundo, não consegue produzir frutas e verduras para atender a demanda interna. Os mercados são abastecidos com produtos que vem de outras cidades e até de fora do estado. Precisamos reverter essa situação”, concluiu.

Para incentivar a agricultura familiar 60 municípios do estado receberam recentemente do Governo de Mato Grosso equipamentos para o trabalho com a terra. Foram investidos 5 milhões em recursos advindos de emendas parlamentares e convênios com a União. Sorriso recebeu a patrulha mecanizada através da presidente da Associação Produtiva Mulheres do Campo, Margarida Fortunato Pereira.